05/02/2021

CEBOLA/CEPEA: Escoamento das cebolas é mais lento em Santa Catarina

Apesar de tentativa de aumento, cotações quase não se alteram

Por Ana Clara Oliveira e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CEBOLA/CEPEA: Escoamento das cebolas é mais lento em Santa CatarinaVer fotos

Piracicaba, 05 - Com o intuito de aproveitar o elevado fluxo de comercializações no início desta semana (1º a 05/02), alguns produtores definiram as cotações a R$ 3,00/kg em Ituporanga (SC). Porém, não conseguiram fechar vendas no decorrer dos dias, devido ao patamar elevado. Mais para o final da semana, a mercadoria que foi comercializada de fato registrou média de R$ 2,43/kg (+6,9%) em Ituporanga e R$ 1,87/kg (-12,2%) em Lebon Régis (SC).

O mercado permaneceu com lento escoamento dos bulbos em ambas as praças, aqueles que possuem cebola de melhor qualidade, estão segurando a comercialização na tentativa de melhores preços. Já outros produtores, preocupados com a baixa capacidade de armazenagem das cebolas que pegaram chuva na roça, beneficiaram com maior rapidez, colaborando para o aumento do volume disponível para comercialização. Por outro lado, a trégua das chuvas no final dessa semana diminuiu a umidade nos barracões em Lebon Régis, onde ainda restam 30% de bulbos para serem colhidos. De acordo com colaboradores, nesta semana foram registradas negociações de importação de cebolas com a Argentina, Holanda e Espanha, que, se possuírem qualidades superiores, podem ser preferíveis às de Santa Catarina.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: comercialização de cebola, cotação da cebola, Ituporanga, preço da cebola

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui