26/06/2020

BATATA/CEPEA: Semana tem nova queda de preços

Amplitude de preços é alta nos atacados

Por Luana Guerreiro, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Semana tem nova queda de preçosVer fotos

Piracicaba, 26 - Nesta semana (22 a 26/06), os valores da batata ágata tipo especial/saca de 50 kg, recuaram no atacado paulistano (-16,92%, a R$ 113,24), em Belo Horizonte/BH (-17,76%, a R$ 95,00) e se manteve na Ceasa do Rio de Janeiro/RJ (-1,47%, a R$ 98,95). A queda é devido à intensificação de colheita da safra das secas principalmente no Sul de Minas (MG), Triângulo mineiro (MG) e Sudoeste Paulista (SP). Segundo atacadistas, também tem entrado tubérculos de Cristalina (GO), mas os maiores volumes são de batatas mineiras e paulistas. A amplitude dos preços devido a problemas na qualidade está alta, variando na semana entre R$ 80 e R$ 150/sc da batata especial em São Paulo e R$ 70 e R $130/sc na central carioca. Para a próxima semana, a tendência é que a oferta continue aumentando, já que deve haver mais lavouras para serem colhidas. No entanto, se a previsão de chuvas se concretizar, a colheita pode não ocorrer no ritmo planejado.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Belo Horizonte, Ceagesp, ceasa, compra, coronavírus, cotação, covid-19, demanda, desvalorização, negociação, negócio, oferta, pandemia, preço, quarentena, queda, rio de janeiro, São Paulo, solanácea, tubérculo, valor, variação, venda

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui