11/12/2019

BATATA/CEPEA: Safra das águas se inicia no Paraná

Apesar do clima adverso, no geral, perdas são mínimas

Por Juliana Parede, Lenise Molena, Luana Guerreiro e João Paulo Deleo
Em parceria com
YARA
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Safra das águas se inicia no ParanáVer fotos

Piracicaba, 11 – Em novembro, as primeiras lavouras da safra das águas de batata foram colhidas nas praças paranaenses de Curitiba, Irati, São Mateus do Sul e Ponta Grossa. De acordo com agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, a produtividade média está dentro do histórico das regiões para esta temporada, com cerca de 600 sacas/ha.

As produtividades só não foram superiores devido ao clima seco, que se estendeu até setembro, comprometendo os plantios e o desenvolvimento inicial das plantas. Este fator causou, também, leve atraso da colheita em algumas roças.

Além disso, parte dos talhões foi atingida por fortes chuvas e granizo em outubro, as quais apresentaram rendimentos mais baixos, com significativas quebras de produtividade. Produtores que contavam com sistema de irrigação, por sua vez, foram menos afetados, registrando maior produtividade.

Em relação à fitossanidade, não há problemas significativos – apenas a incidência de larva minadora na maioria das regiões. Do início da safra (o levantamento de preços pelo Cepea começou em 25 de novembro) até o dia 09 de dezembro, a saca da batata especial de 50 kg beneficiada foi comercializada na média de R$ 66,30 nestas praças. Em dezembro, espera-se intensificação das atividades de colheita no PR, sendo ofertada a maior parte das áreas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, Cepea, colheita de batata no PR, oferta de batata, produção de batata, produtividade, safra das águas de batata

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui