04/01/2019

BATATA/CEPEA: Retrospectiva 2018

Como esteve a rentabilidade da cultura no ano passado?

Por Heitor Inácio, Lenise Molena e João Paulo Deleo
Em parceria com
YARA
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Retrospectiva 2018Ver fotos

Piracicaba, 4 – Em 2018 (safra das secas/inverno 2018 e águas 2018/19), a redução na área plantada com batata é estimada em 7,1% frente a 2017, atenuada com o ligeiro crescimento de 1,7% na área da indústria. O maior recuo, de 13%, ocorreu na safra das águas 2018/19, decorrente dos baixos preços desde novembro de 2016 – vale ressaltar que nas temporadas das águas e de inverno, houve excesso de oferta, cenário que pressionou as cotações.

Entretanto, o início da temporada das secas (maio), que teve redução de 6,3% no plantio, foi tipicamente de preços mais altos, porém muitos produtores que colheram nessa época tiveram baixo rendimento, o que elevou os custos de produção. Além disso, com a greve dos caminhoneiros em maio, poucos agricultores conseguiram comercializar no período.

Quer saber mais sobre o mercado de batata em 2018 e as perspectivas para 2019? Confira o Anuário 2018-19 da Revista Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Anuário 2018-2019, área de batata, batata, Cepea, custos de produção de batata, Hortifruti Brasil, mercado de batata, rentabilidade aos produtores de batata, retrospectiva 2018

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui