14/09/2018

BATATA/CEPEA: Qualidade está menor em algumas praças e preço segue estável

Chuvas devem prejudicar a colheita da batata na próxima semana

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Qualidade está menor em algumas praças e preço segue estávelVer fotos

Piracicaba, 14 - A batata padrão ágata especial teve uma pequena valorização de 2,5%, sendo comercializada nos atacados paulistanos a R$ 38,96/sc de 50 kg. Com a temperatura se elevando em muitas regiões, a qualidade do tubérculo está sendo prejudicada. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, as lavouras de Vargem Grande do Sul (SP), Sul de Minas e Cerrado Mineiro são as mais afetadas, apresentando principalmente escurecimento da pele. No Sudoeste Paulista, os produtores relatam que o clima é benéfico, e por isso a qualidade também segue boa. Em Cristalina (GO), as batatas geralmente são comercializadas a preços mais elevados, por estarem com tamanho e pele nos padrões desejáveis. Algumas regiões começaram a receber chuva nessa sexta-feira (14) e a previsão é de mais umidade nos próximos dias, o que poderá dificultar a colheita.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, calor, Ceagesp, ceasa, chuva, clima, cotação, desvalorização, preço, produção, produtividade, safra de inverno, solanácea, temperatura, tubérculo, valorização, vargem grande do sul, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui