09/11/2018

BATATA/CEPEA: Preços sobem no final da temporada de inverno

Exportação para a Argentina ajuda a escoar parte da produção brasileira

Por Emanuel Filho, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Preços sobem no final da temporada de invernoVer fotos

Piracicaba, 09 - A saca de 50 kg da batata padrão ágata especial foi comercializada entre 05 e 09/11 a R$ 59,13 (+33,05%) em Belo Horizonte (MG) a R$ 57,37 (+14,74%) no atacado carioca e a R$ 64,51 (+11,41%) em São Paulo (SP). Além da menor oferta na maioria das regiões, Vargem Grande do Sul (SP) vinha disponibilizando batatas de menor qualidade neste final de safra. Assim, com a saída da praça paulista, a qualidade melhorou, valorizando o tubérculo. Somado a isso, no decorrer da semana, foram observadas chuvas em alguns locais, como Cristalina (GO), Sul e Cerrado Mineiro, que impossibilitou a colheita em alguns momentos. Aliado a isso, produtores do Sudoeste Paulista estão enviando algumas cargas para a Argentina, contribuindo para o escoamento da produção brasileira. Alguns colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea receberam produtos de Araxá (MG) mais inferiores (escuros, opaco, “sem brilho”). Entretanto, há outros, que declararam ter recebido bons produtos da mesma região. Isso também vem ocorrendo em Cristalina, local onde deixaram as batatas mais tempo no solo, o que prejudicou suas características comerciais desejáveis.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: argentina, atacado, batata, Ceagesp, ceasa, oferta, preço, produção, produtividade, qualidade, safra, tubérculo, valorização, vargem grande do sul

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui