01/04/2019

BATATA/CEPEA: Preços sobem 14% em março

Entenda os fatores que contribuíram para o cenário

Por Heitor Inácio, Lenise Molena e João Paulo Deleo
Em parceria com
FMC
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Preços sobem 14% em marçoVer fotos

Piracicaba, 1° – O mês de março foi animador aos bataticultores quanto aos preços: a batata padrão ágata especial foi comercializada à média de R$ 165,83/sc de 50 kg nos atacados paulistanos, alta de 14% frente a fevereiro (R$ 145,59/sc). O motivo principal é que boa parte da safra das águas já foi colhida.

Além disso, problemas na produtividade, devido ao aumento das temperaturas e excesso de umidade, também resultaram em menor volume. Somado a isso, os fatores que controlavam a oferta há alguns meses, também continuaram interferindo – redução de área na temporada e adiantamento da colheita (evitando que lavouras atingissem o máximo potencial produtivo).

PERSPECTIVAS – Para este mês, a expectativa é de que os preços sigam elevados, já que a oferta deve continuar baixa. Dentre as regiões que se encaminham para o final da safra das águas, as praças do Sul de Minas Gerais devem reduzir as atividades em abril.

Já no Cerrado Mineiro, devido ao atraso no plantio, grande parte da colheita deve se concentrar neste mês. Água Doce (SC) e Guarapuava (PR), por sua vez, também intensificarão suas atividades.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, Cepea, clima, colheita de batata, cotação, oferta, preços de batata, produção de batata, produtividade, safra das águas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui