11/09/2020

BATATA/CEPEA: Preços recuam com aumento da oferta e menor qualidade

Calor e falta de chuvas prejudicam a qualidade das batatas

Por Luana Guerreiro, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Preços recuam com aumento da oferta e menor qualidadeVer fotos

Piracicaba, 11 - Entre os dias 08 e 11/09, os valores da saca de 50 kg da batata tipo ágata especial recuaram nas principais centrais de distribuição do País, quando comparados aos da semana anterior. O preço médio ficou em R$ 69,28 (-5,95%) em São Paulo (SP), R$ 61,07 (-7,31%) no Rio de Janeiro e em R$ 66,02 (-8,28%) em Belo Horizonte (MG). Atacadistas relataram sobras devido à maior oferta e demanda fraca, além de variação na qualidade, o que tem causado uma maior amplitude dos preços nos atacados. Segundo agentes de mercado, devido ao calor, as batatas de Vargem Grande do Sul e algumas do Sudoeste Paulista (SP) estão com a pele mais escura. Para a próxima semana, a expectativa é que os preços se mantenham nos mesmos patamares, com tendência de queda.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, calor, ceasa, cotação, desvalorização, oferta, preço, qualidade, valor

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui