25/01/2019

BATATA/CEPEA: Preços atingem os três dígitos

Chuvas prejudicam ritmo de colheita

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Preços atingem os três dígitosVer fotos

Piracicaba, 25 - Nesta semana (21 a 25/01) a batata padrão ágata especial se valorizou e foi comercializada nos atacados paulistanos a R$ 116,25/sc de 50 kg (+30,75%), no mercado carioca a R$ 98,28/sc (+24,64%) e a R$ 97,81/sc (+14,56%) em Belo Horizonte (MG). O cenário mais positivo se deve ao menor volume cultivado nesta safra das águas 2018/19 – cerca de 13% menor que a temporada 2017/18. Aliado a isso, no decorrer dos dias, fortes chuvas atingiram as lavouras – principalmente do Sul do País (Guarapuava/PR e Água Doce/SC) – o que impossibilitaram a colheita, fazendo os preços atingirem até R$ 150,00/sc no atacado de São Paulo. Alguns produtores de Água Doce também relataram não estar colhendo devido aos atrasos no plantio, o que deslocou o calendário. Assim, devem começar a colher na primeira semana de fevereiro. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, há muitas batatas miúdas provenientes da região do Cerrado Mineiro, que inclusive não estão nos padrões ideais para comercialização e estão sendo utilizadas como batata-semente. Dessa forma, isso também vem contribuindo para a menor oferta de tubérculos e, consequentemente, aumento nos valores, fato este que deve ser observado também nos próximos dias.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, área, batata, Ceagesp, ceasa, chuva, colheita, coltivo, cotação, oferta, preço, rendimento, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui