31/08/2018

BATATA/CEPEA: Mercado segue sem novidades e preço fica estável

Regiões colhem com alta produtividade

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Mercado segue sem novidades e preço fica estávelVer fotos

Piracicaba, 31 - O preço da saca da batata padrão ágata especial fechou a semana (27 a 31/08) estável em relação à passada nos atacados paulistanos (variação de apenas -0,47% e preço a R$ 37,77/sc de 50 kg) por conta dos elevados volume e produtividade. De acordo com produtores do Sudoeste Paulista e Cerrado Mineiro, o rendimento das lavouras está de 800 a 1.000 sc/hectare. É válido ressaltar que outras regiões também estão obtendo esses bons números (principalmente Cristalina/GO e Chapada Diamantina/BA), o que consequentemente satura o mercado, pressionando os preços. Colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea também destacam que a qualidade é excelente: calibre e pele compatíveis às exigências do consumidor. Para os próximos dias, a situação da bataticultura no País deve seguir sem alterações, salvo se houver intempéries climáticas.  

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, Ceagesp, ceasa, cotação, desvalorização, oferta, preço, produção, produtividade, qualidade, safra, solanácea, tubérculo

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui