13/09/2019

BATATA/CEPEA: Intensificação da colheita causa queda significativa nas cotações

Calor começa a prejudicar a qualidade da batata

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Intensificação da colheita causa queda significativa nas cotaçõesVer fotos

Piracicaba, 13 - A batata padrão ágata especial se desvalorizou entre os dias 09 e 13/09: no atacado carioca a queda foi de 37,77% (R$ 77,38/sc de 50 kg), em São Paulo (SP) foi de 30,04% (R$ 89,27/sc) e em Belo Horizonte (MG) de 27,38% (R$ 80,88/sc). A semana se iniciou com preços mais baixos que na anterior, e no decorrer dos dias caíram ainda mais. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, Vargem Grande do Sul (SP) e Cristalina (GO) estão em intensa atividade de colheita e com excelente produtividade, o que somado à oferta nas demais regiões – Sudoeste Paulista, Chapada Diamantina (BA), Sul de MG e Cerrado Mineiro – resultou em maior volume e queda cotações. Os valores negociados foram de R$ 60,00/sc a R$ 120,00/sc nos atacados, mas houve vendas de até R$ 50,00/sc nos mercados carioca e mineiro. Além disso, com a altas temperaturas, os tubérculos estão mais amarelados, o que também reduz seu valor de comercialização.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Belo Horizonte, calor, Ceagesp, ceasa, Cerrado de Minas Gerais, chapada diamantina, colheita, comercialização, cristalina, desvalorização, preço, qualidade, queda, rio de janeiro, safra, São Paulo, sudoeste paulista, Sul de Minas Gerais, temperatura, valor, vargem grande do sul, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui