07/11/2018

BATATA/CEPEA: Cotações sobem em outubro

Para novembro, ao contrário do observado em 2017, não são esperadas quedas nos preços

Por Heitor Inácio, Lenise Molena e João Paulo Deleo
Em parceria com
FMC
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Cotações sobem em outubroVer fotos

Piracicaba, 07 – A batata padrão ágata especial se valorizou nos principais atacados brasileiros em outubro. O mercado carioca registrou 39% de aumento em relação a setembro, onde o produto foi negociado à média de R$ 50,10/sc de 50 kg (ante R$ 36,17/sc do mês anterior). Em São Paulo (SP), a alta foi de 31% no mesmo comparativo, fechando a R$ 55,05/sc, frente à média de R$ 42,03/sc, em setembro.

No atacado de Belo Horizonte (MG), a valorização foi de 23% no mês passado, onde os tubérculos foram negociados à média de R$ 46,51/sc – enquanto, em setembro, a R$ 37,73/sc. Apesar do aumento nos atacados, as cotações (ponderadas pela classificação) ficaram em R$ 35,30/sc nas lavouras do País, valor 17,5% abaixo das estimativas de custos de produção.

PERSPECTIVAS – Para novembro, quedas não são esperadas, ao contrário do ocorrido em 2017. Um dos motivos é que, no ano passado, com o final da colheita de Vargem Grande do Sul (SP) em outubro, alguns produtores ficaram esperando alta mais acentuada nas cotações para comercializar as últimas áreas da safra de inverno. Neste ano, porém, isso não aconteceu – o que justifica a alta mais significativa dos preços em outubro/17 em relação ao mesmo período de 2018. Desta forma, esse final de safra 2018 pode ter comercialização mais escalonada do que em 2017.

Outro fator que pode "animar" o mercado é a redução do plantio no Sul de Minas Gerais – que, normalmente, tem uma área significativa para ser colhida e ofertada neste período do ano. Somado a isso, regiões do Paraná, que habitualmente ofertam em meados de novembro, não devem ter volume significativo de batatas, devido ao atraso nos plantios e redução de área cultivada. Portanto, as cotações do produto podem subir neste penúltimo mês de 2018.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Cepea, colheita, cotação, Hortifruti Brasil, mercado de batata, oferta de batata em novembro, perspectivas, preços de batata

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui