04/08/2020

BATATA/CEPEA: Quedas nos preços afetaram a rentabilidade de produtores em julho?

Mês é marcado por avanço das safras de inverno e das secas

Por Juliana Acácio Toledo Parede, Luana M. M. Guerreiro e João Paulo Deleo
Em parceria com
FMC
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Quedas nos preços afetaram a rentabilidade de produtores em julho?Ver fotos

Piracicaba, 04 – Em julho, o preço da batata beneficiada (saca de 50 kg), ponderado pela classificação, recuou 45% em relação ao mês anterior, considerando-se a média em todo o território nacional – sendo negociada a R$ 61,52/sc. Tal desvalorização está atrelada ao início da safra de inverno e intensificação da colheita das secas.

No período, Vargem Grande do Sul (SP), Cerrado Mineiro (MG), Sudoeste Paulista (SP) e Sul de Minas (MG) eram as principais regiões ofertantes. No caso das praças sulistas, as quais também estiveram em atividade, as produtividades nesta temporada das secas estão muito baixas, resultando em volume pouco expressivo destinado ao mercado.

O aumento da oferta nacional, aliado à demanda reduzida pela quarentena, foram os fatores responsáveis pelas desvalorizações – cenário já previsto por agentes do setor. Os preços só não foram menores, inclusive, devido à quebra de safra no Sul e, também, pelo intervalo na colheita por parte de alguns produtores do Sudoeste Paulista e de Cristalina (GO).

Para a maioria dos bataticultores que colheram em julho, a rentabilidade ainda foi positiva, mesmo com a desvalorização. Produtores do Sul, por outro lado, que tiveram quebras de produtividade mais acentuadas, fecharam o mês com prejuízos.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotação de batata, oferta de batata, praças colhendo batata, preços de batata, produtividade, rentabilidade, safra das secas de batata, safra de inverno de batata

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui