24/09/2021

BATATA/CEPEA: Com problemas de qualidade, preço se reduz nos atacados

Oferta no RJ foi um pouco menor do que em SP e MG

Por Júlia Peron Baroni, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Com problemas de qualidade, preço se reduz nos atacadosVer fotos

Piracicaba, 24 - Entre os dias 20 e 24/09, os valores médios da batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficaram em R$ 84,87 (-11,56%) no atacado de São Paulo (SP), em R$ 82,08 (+4,97%) no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 79,58 (-8,39%) em Belo Horizonte (MG). A queda em SP e MG ocorre diante da oferta um pouco maior em algumas lavouras com colheita atrasada e menor qualidade. No Rio de Janeiro, houve uma pequena valorização, pois, as praças que costumam abastecer a central fluminense neste período, ofertaram um pouco menos. Atacadistas comentaram sobre a oferta relevante de batatas com problemas de qualidade, apresentando baixo calibre e/ou pele escura.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Belo Horizonte, Ceagesp, ceasa, colheita, cotação, desvalorização, pele, preço, produção, produtividade, qualidade, queda, rio de janeiro, safra, São Paulo, tubérculo, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui