15/03/2019

BATATA/CEPEA: Chuvas atrapalham colheita, qualidade e produtividade

Apesar de leve recuo, preços se mantiveram elevados no atacado paulista

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Chuvas atrapalham colheita, qualidade e produtividadeVer fotos

Piracicaba, 15 - O preço da batata padrão ágata especial teve leve recuo de 1,43% entre os dias 11 e 15/03 nos atacados paulistanos, fechando a R$ 175,78/sc de 50 kg. O volume praticamente se manteve nos boxes.

No decorrer da semana, as chuvas continuaram a atrapalhar as atividades de colheita, assim como em todo o período da safra das águas. Entre terça (12) e quinta-feira (14), muitos produtores não arrancaram batata em Água Doce (SC).

Também na quinta-feira, a colheita na região de Cristalina (GO), que ainda está no início, foi impossibilitada pelas precipitações. De acordo com colaboradores de Guarapuava (PR), o tempo úmido faz com que haja pouca batata de boa qualidade, mas mesmo assim, a procura é elevada – devido à baixa disponibilidade nacional.

No Cerrado Mineiro, a produtividade também foi afetada pelas condições climáticas, tempo seco no plantio e chuvas em excesso no desenvolvimento e colheita – a média no município de Patrocínio foi de cerca de 410 sacas/ha – bem abaixo do potencial (700 sc/ha).

O mercado deve se comportar de forma semelhante nos próximos dias: a oferta deve permanecer restrita, uma vez que mais chuvas devem continuar prejudicando a produção e qualidade do tubérculo.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotações, preços, produção, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui