15/10/2021

BATATA/CEPEA: Alta nos preços segue, com mercado de chuva; BH não sustenta valores

Chuvas podem limitar a oferta na próxima semana

Por Júlia Peron Baroni, Luana Chiminasso e João Paulo B. Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Alta nos preços segue, com mercado de chuva; BH não sustenta valoresVer fotos

Piracicaba, 15 - Entre os dias 11 e 15/10, as cotações médias da batata tipo ágata especial/saca de 50 kg ficaram em R$ 156,89 (+6,09%) no atacado de São Paulo (SP), em R$ 154,29 (+13,20%) no Rio de Janeiro (RJ) e em R$ 118,18 (-11,73%) em Belo Horizonte (MG). Pela terceira semana consecutiva, as chuvas impulsionaram os preços nos atacados de São Paulo e do Rio de Janeiro, devido à menor oferta, ocasionada pelo impedimento da colheita nas regiões abastecedoras destes mercados. Em contrapartida, Belo Horizonte (MG) teve queda nos valores do tubérculo, pois a alta significativa da semana anterior não se sustentou na praça mineira – a qual recebeu maior volume de batata nos últimos dias. Para a próxima semana, a oferta pode continuar sendo controlada pelas chuvas, caso a previsão climática se confirme.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, atacado, batata, Belo Horizonte, Ceagesp, ceasa, cotação, final de safra, oferta, preço, qualidade, rio de janeiro, São Paulo, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui