25/09/2020

BANANA/CEPEA: Mercado da nanica segue aquecido no semiárido

Preços sobem 16% no Norte de Minas Gerais

Por Leonardo Caires e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Mercado da nanica segue aquecido no semiáridoVer fotos

Piracicaba, 25 - A banana nanica novamente se valorizou no semiárido brasileiro nesta semana (21 a 25/09). Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, além da baixa oferta nacional, a procura pela variedade se manteve elevada na região.

Houve boa demanda principalmente de mercados que antes compravam do Sul e do Sudeste (que tiveram suas respectivas produções prejudicadas por fatores climáticos), mas agora estão buscando por frutas no semiárido – os principais compradores são o Paraná, Santa Catarina e interior de São Paulo.

Assim, no Norte de Minas Gerais, produtores conseguiram elevar em 16% os preços da banana nanica de primeira qualidade, sendo vendida na média de R$ 2,25/kg durante a semana. Para as próximas semanas, produtores de nanica esperam que novos reajustes possam acontecer, caso a procura pela variedade se mantenha em bons patamares na região.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: baixa oferta, banana nanica, boa procura, Cepea, HF Brasil, norte de minas gerais, preço de banana, semiárido

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui