10/08/2018

BANANA/CEPEA: Menor oferta de nanica não garante alta

Preço da variedade em SP e SC segue com pressão de outras regiões

Por Rodolfo Hackmann, Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Menor oferta de nanica não garante altaVer fotos

Piracicaba, 10 - Nesta semana (06 a 10/08), colaboradores do Hortifruti/Cepea relataram queda no volume de banana nanica nas regiões do Norte de Santa Catarina e do Vale do Ribeira (SP). Anualmente, nesta época, a colheita da variedade se reduz e abre espaço para a “safra” da prata, que se intensifica no começo de setembro. Com isso, as cotações de nanica tendem a aumentar no segundo semestre devido à menor oferta. 

Porém, isso não tem ocorrido com força nas duas praças por conta da pressão de outras regiões em comercializar a preços menores – a nanica pode se valorizar apenas em setembro. Logo, com uma baixa variação nas cotações nesta semana, a nanica fechou com média de R$ 0,72/kg no Vale e, a prata, de R$ 0,90/kg – há possibilidade de queda nos preços no final de agosto para esta última variedade devido à maior oferta.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: banana, Cepea, cotações, HF Brasil, nanica, norte de SC, oferta, preço, Vale do Ribeira

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui