09/08/2019

ALFACE/CEPEA: Sem alterações no mercado, preços ficam estáveis em Mogi das Cruzes

Mesmo com clima mais quente, oferta se elevou e preço não se altera

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Sem alterações no mercado, preços ficam estáveis em Mogi das CruzesVer fotos

Piracicaba, 09 - Desde junho, as vendas de folhosas vêm caindo nas regiões paulistas de Mogi das Cruzes e Ibiúna, cenário que limitou os preços até este período da temporada de inverno. O motivo é que, tradicionalmente neste período, a demanda se reduz, devido às temperaturas mais baixas. Já nesta semana (05 a 09/08), as cotações praticamente se mantiveram.

A oferta se elevou – em razão do clima favorável e ausência de fortes chuvas –, e nem mesmo o clima mais quente nos últimos dias contribuiu para aumentar a demanda de maneira significativa, resultando em maiores volumes de sobras nas lavouras. Assim, o preço da crespa em Mogi das Cruzes foi de R$ 11,37/cx com 20 unidades.

Por outro lado, em Ibiúna, alguns produtores relataram certa melhoria na saída devido às temperaturas mais altas e ao retorno das aulas escolares. Mas, devido à oferta crescente, os preços não reagiram e acabaram caindo: a crespa teve queda de 12,93% frente à semana anterior, com preço médio de R$ 7,50/cx.

Para a próxima semana (10 a 16/08), o clima deve continuar seco, em ambas as regiões, segundo a Climatempo, o que, em conjunto com a baixa demanda esperada, deve continuar impactando negativamente nas cotações da hortaliça.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, cotação da alface, preço da alface, produção de alface, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui