12/03/2021

ALFACE/CEPEA: Saída é afetada pelas restrições contra covid-19

Por outro lado, demanda de mercados e feiras dão fôlego aos produtores

Por João Diogo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Saída é afetada pelas restrições contra covid-19Ver fotos

Piracicaba, 12 - Durante esta semana (08 a 12/03), a saída de alface foi prejudicada nas roças paulistas por conta dos fechamentos gerados pelas limitações de mobilidade social durante a pandemia. Em Mogi das Cruzes (SP), o preço da crespa fechou à média de R$ 21,71/cx com 20 unidades, com ligeira elevação de 1,67%, enquanto a americana registrou queda de 4,76% a R$ 21,43/cx com 12 unidades. Em Ibiúna (SP), os decréscimos foram mais expressivos: a variedade crespa teve diminuição de 10,65%, com valor médio de R$ 15,67/cx com 20 unidades; a americana apresentou baixa de 20,16%, estabilizando em R$ 16,50/cx com 12 unidades.

As restrições de funcionamento de bares e restaurantes afetaram a procura pela folhosa, porém, a manutenção de serviços essenciais, como mercados e feiras, possibilitou a demanda pelas folhosas e contribuiu nas cotações, impedindo quedas mais bruscas. Vale ressaltar que a oferta de alface permanece controlada. Para a próxima semana, a nova “fase de emergência” no estado de SP, que diminuirá o funcionamento de serviços essenciais, inclusive do setor de alimentos, pode ter algum impacto negativo nas vendas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da alface, preços da alface, produção de alface

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui