03/01/2019

ALFACE/CEPEA: Retrospectiva 2018

Como esteve a rentabilidade da cultura no ano passado?

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Retrospectiva 2018Ver fotos

Piracicaba, 3 – A oferta elevada durante parte da safra de 2018 (inverno 2018 e verão 2018/19) e a procura retraída nos meses mais frios do ano pressionaram as cotações de alface, principalmente durante o inverno. Desta forma, a rentabilidade dos produtores na safra 2018 foi limitada e as cotações estiveram abaixo dos custos por um bom período.

Com isso, a área nacional destinada às alfaces se reduziu 8% nesta temporada, totalizando 15.136 hectares. Já na safra de verão 2017/18, apesar do maior escoamento, os resultados não foram tão positivos quanto o esperado, deixando agricultores cautelosos quanto ao transplantio e aos investimentos futuros.

Quer saber mais sobre o mercado de alface em 2018 e as perspectivas para 2019? Confira o Anuário 2018-19 da Revista Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, Anuário 2018-2019, área de alface, Cepea, Hortifruti Brasil, mercado de alface, rentabilidade aos produtores de alface, retrospectiva 2018

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui