05/06/2019

ALFACE/CEPEA: Junho se inicia com boas cotações em SP!

Clima é o principal motivo

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Em parceria com
YARA
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Junho se inicia com boas cotações em SP!Ver fotos

Piracicaba, 05 – Após sucessivas quedas nos preços em maio, as alfaces devem, finalmente, se valorizar no decorrer de junho, nas praças de Mogi das Cruzes e Ibiúna (SP). Isso porque, com a redução da oferta – ocasionada pelo menor volume plantado e pelo atraso no ciclo de desenvolvimento das folhosas, devido ao frio –, a quantidade de mercadoria destinada à comercialização tende a se reduzir, acarretando em menos sobras e descartes. A demanda, por outro lado, não deve se elevar em relação a maio, por conta da chegada da frente fria – períodos em que a saída, consequentemente, é menor.

Outro ponto importante a ser destacado é que, de acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, a qualidade não deve ser um fator limitante aos preços, uma vez que as incidências de míldio e demais doenças de inverno ainda não foram tão evidentes quando comparadas aos anos anteriores. O motivo é que produtores estão investindo mais em sementes resistentes ao míldio, reduzindo a presença da doença na lavoura.

As vendas de mudas também não devem se reduzir no início deste mês, já que o número de pedidos está estável na região de Mogi das Cruzes.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, Cepea, clima, cotação de alface em SP, demanda, oferta, preços de alface, produção de alface, qualidade, vendas de mudas de alface

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui