14/09/2018

ALFACE/CEPEA: Estiagem volta a preocupar produtores de SP

Volume ainda é alto e alface se desvaloriza em Ibiúna

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Estiagem volta a preocupar produtores de SPVer fotos

Piracicaba, 14 - Nesta semana (10 a 14/09), a falta de chuvas voltou a afetar a produção de alfaces da região de Mogi das Cruzes e Ibiúna (SP). O clima seco e as temperaturas amenas vêm resultando em uma elevada produtividade.

Porém, nos últimos dias, a escassez hídrica está afetando o desenvolvimento das folhosas em razão dos racionamentos, que refletem em irrigações com frequências menores que o ideal para o bom desenvolvimento e plantio de novos pés.

Assim, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, os descartes estão maiores e muitos produtores estão reduzindo o plantio em decorrência disso. Como o volume ainda é elevado, a alface se desvalorizou em Ibiúna: a americana em Ibiúna teve desvalorização de 2,43%, sendo cotada a R$ 7,03/cx com 12 unidades. A crespa em Mogi das Cruzes teve preço estável em relação à semana passada, saindo por R$ 10,00/cx com 20 unidades.

A qualidade ainda está satisfatória no geral, porém, por conta da baixa irrigação, algumas alfaces estão mais “duras” e a situação pode se agravar para as próximas semanas. Para a próxima semana (15 a 21/09), há previsão de chuvas de até 30 mm em ambas as regiões, o que pode favorecer a qualidade e amenizar a seca local, garantindo uma retomada da produção.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, Cepea, cotação, preços, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui