09/04/2021

ALFACE/CEPEA: Em período de difícil escoamento, preços tem leve queda em Mogi das Cruzes

Já em Ibiúna, menor oferta eleva cotações

Por João Diogo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Em período de difícil escoamento, preços tem leve queda em Mogi das CruzesVer fotos

Piracicaba, 09 - Nesta semana (05 a 09/04) em Mogi das Cruzes (SP), a oferta de alface teve leve aumento após as dificuldades nas semanas anteriores, e com alguns canais de vendas fechados, a saída foi afetada. Diante desse cenário, houve relatos de sobras de produtos, principalmente nas lavouras que atendem feiras do litoral, cujas atividades tiveram que ser suspensas. Assim, os preços finalizaram com leve queda: a crespa teve redução de 2,77% a R$ 21,71/cx com 20 unidades; a americana registrou valor médio de R$ 21,44/cx com 12 unidades, baixa de 1,84%.

Já em Ibiúna (SP), o clima desfavorável nas semanas anteriores causou perdas nas roças, gerando falta de produtos. Neste contexto, algumas variedades tiveram aumento, como a crespa, que mostrou elevação de 4,35%, a R$ 16,00/cx com 20 unidades; a americana teve acréscimo de 22,92%, se estabilizando em R$ 19,67/cx com 12 unidades. Para a próxima semana, pode haver certo aumento na saída da folhosa com o estado de São Paulo de volta à fase vermelha (que permite abertura de feiras). Por outro lado, caso a oferta se normalize e apresente maior volume, os produtores podem ter desvalorizações de seus produtos.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da alface, preço da alface, produção de alface

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui