09/10/2020

ALFACE/CEPEA: Com oferta mais restrita, cotações se elevam em SP

Apesar da valorização, estiagem continua sendo a maior preocupação

Por Maria Julia Ramos e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Com oferta mais restrita, cotações se elevam em SPVer fotos

Piracicaba, 09 - Nesta semana (05 a 09/10), os preços das alfaces aumentaram nas roças do interior paulista: em Mogi das Cruzes, o incremento da crespa foi de 12,77%, alcançando média de R$ 14,72/cx com 20 unidades; em Ibiúna, a valorização da lisa foi de 7,93%, cotada a R$ 10,21/cx com 20 unidades. Devido aos problemas de estiagem, o manejo da irrigação e plantio de mudas foi comprometido ao longo de setembro, refletindo em uma redução da oferta em outubro. Além disso, as temperaturas ao longo da semana continuaram altas, favorecendo o consumo.

O conjunto destes fatores motiva tais reações, que devem continuar nas próximas semanas. Nas quinta e sexta-feiras (08 e 09/10), choveu nas lavouras, o que pode amenizar a situação dos reservatórios a curto prazo. Porém, apenas com maiores volumes deve se ter uma regularização suficiente para deixar os produtores “tranquilos”. Vale ressaltar que as chuvas atuais não afetam o aspecto das folhosas, que seguem com boa qualidade – na verdade, até “lavam” as pragas de clima seco, como tripes e pulgão, observados nas últimas semanas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da alface, preço da alface, produção de alface

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui