01/11/2019

ALFACE/CEPEA: Com chuvas, preços podem reagir na próxima semana em SP

Nesta semana, preços caíram novamente pois oferta permanece alta

Por Isabela Camargo, Maria Julia Ramos e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Com chuvas, preços podem reagir na próxima semana em SPVer fotos

Piracicaba, 1º - Nas praças paulistas, a semana (28/10 a 1°/11) foi caracterizada por uma queda nas cotações das alfaces, apesar das precipitações. Colaboradores do Hortifuti/Cepea da região de Mogi das Cruzes relataram menor desempenho na saída das mercadorias – que pode ser explicado pelo período de final de mês – e as chuvas dos últimos dias ainda não afetaram a produção da região.

No entanto, a precipitação deve se intensificar no início da próxima semana (04 e 05/11), com volume médio de 15 mm em cada dia, segundo a Climatempo. Dessa forma, os preços das folhosas podem reagir. O cenário em Ibiúna é similar: leve queda de cotações associada à grande quantidade de alface ofertada e baixa saída.

A crespa fechou a semana na média de R$ 6,42/cx com 20 unidades, desvalorização de 9,41% frente à anterior. Também há previsão de chuvas em Ibiúna para segunda e terça (04 e 05), com acumulado de 35 mm. Além disso, o plantio durante o período de inverno não foi muito elevado, devido aos preços baixos, o que pode contribuir para menor disponibilidade em novembro.

Com esse cenário, produtores paulistas estão mais animados para o início do mês, já que os problemas ocasionados com a falta de água devem ser amenizados.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da alface, preço da alface, produção de alface

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui