19/07/2018

ALFACE/CEPEA: Clima atrasa crescimento e impacta vendas no RJ

Preços estão aumentando na região fluminense

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Clima atrasa crescimento e impacta vendas no RJVer fotos

Piracicaba, 19 – Com as baixas temperaturas registradas no início de julho, as vendas de alface na região de Teresópolis (RJ) permaneceram retraídas. Conjuntamente a isso, o período de férias escolares e a Copa do Mundo impactaram negativamente no escoamento dos produtos, devido à menor demanda.

O clima mais frio também prolongou o ciclo de desenvolvimento das folhosas: o crescimento ficou mais lento e acarretou na comercialização de pés com tamanhos inferiores ao padrão. Em relação à qualidade das alfaces, produtores relataram a ocorrência de casos de míldio, devido às quedas da temperatura. Contudo, até o momento, a doença está sendo controlada, sem perdas significativas.

Segundo colaboradores, a oferta se reduziu e as sobras estão menores neste mês, resultado da redução do plantio neste início da safra e do maior ciclo de desenvolvimento das folhosas. O cenário de menor volume acabou elevando os preços das alfaces a partir da segunda semana de julho na região fluminense.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, alface Teresópolis, Cepea, ciclo de desenvolvimento, oferta de alface, preços, produção

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui