08/06/2018

UVA/CEPEA: Preço cai no Vale após greve

Aumento da oferta preocupa produtores

Por Henrique Sarmento Aires, Ana Roselino e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Preço cai no Vale após greveVer fotos

Piracicaba, 08 - Como reflexo das paralisações nas últimas duas semanas, os estoques de uvas na região do Vale do São Francisco (PE/BA) estão consideravelmente maiores que o esperado para o início de junho. Com a impossibilidade de comercializar a produção nas semanas passadas, houve acúmulo expressivo das frutas em câmaras frias. Além dessa situação, junho é considerado um mês de vendas menos expressivas, já que os mercados nas principais regiões compradoras estão mais desaquecidos pelas menores temperaturas. 

Assim, nesta semana, as uvas brancas compridas sem sementes foram vendidas na média de R$ 6,80/kg, valor 2,5% inferior em relação à média da última semana de venda (antes da greve), enquanto as uvas vermelhas compridas sem sementes foram comercializadas por R$ 6,90/kg. No caso das uvas vermelhas, além do estoque, as uvas chilenas que ainda estão no mercado nacional têm dificultado as vendas. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a expectativa é de a situação dos estoques volte ao normal na região em cerca de duas semanas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotações, estoque, greve, HF Brasil, oferta, preço, sem semente, uva, Vale do São Fracisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui