16/04/2018

MELÃO/CEPEA: Receita com exportação aumenta em 2017/18

Com fim da temporada no RN/CE, produtores planejam próxima safra

Por Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Receita com exportação aumenta em 2017/18Ver fotos

Piracicaba, 16 – A temporada 2017/18 terminou em março no Rio Grande do Norte/Ceará. Com isso, melonicultores já começam a planejar a próxima safra. Segundo produtores, os resultados promissores desta campanha e as chuvas que caíram na região nos últimos meses podem animar a renovação dos plantios. Por enquanto, a expectativa é de área estável na temporada 2018/19.

Quanto às exportações brasileiras de melão entre agosto/17 e março/18, totalizaram 224 mil toneladas, apenas 1% abaixo da quantidade embarcada na campanha 2016/17, segundo a Secex (Secretaria de Comércio Exterior). A redução do volume pode estar relacionada à recorrente crise hídrica e à consequente queda na produtividade.

Vale lembrar que, apesar de ter chovido no primeiro trimestre de 2018, a crise hídrica nos últimos anos limitou os recursos de irrigação e tornou a água mais salina. Houve relatos, ainda, de que as recentes chuvas prejudicaram os últimos embarques da safra (por conta da queda da qualidade).

Por outro lado, o valor recebido com as exportações na campanha 2017/18 foi 10% superior ao da temporada anterior, somando US$ 163 milhões (FOB) – expectativas de que o dólar permaneça acima de R$ 3,00 podem continuar animando exportadores.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, crise hídrica, exportações de melão, melão, produção de melão RN/CE, safra 2017/18 melão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui