08/06/2018

MELÃO/CEPEA: Preços do amarelo sobem após greve

Ao contrário do esperado, volume ainda está controlado nas roças

Por Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Preços do amarelo sobem após greveVer fotos

Piracicaba, 08 – A restrita disponibilidade de melão resultou em aumento nas cotações em âmbito nacional nesta semana (04 a 08/06). Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, apesar do estoque de frutas em câmaras frias em decorrência da paralisação dos caminhoneiros, o volume seguiu limitado nas principais praças – sendo o suficiente para suprir a demanda brasileira.Com isso, o amarelo tipo 6 e 7 foi vendido por R$ 30,33/cx de 13 kg no Rio Grande do Norte/Ceará, valor 8% superior ao registrado na primeira semana da greve (21 a 25/05).

Já no Vale do São Francisco (PE/BA), a variedade foi comercializada por R$ 28,33/cx, alta de 8% na mesma comparação. Houve relatos de que as temperaturas amenas, especialmente a noite, conseguiram “segurar” a maturação da fruta em certas roças e, consequentemente, impedir maiores problemas no período de escoamento travado. Como atacadistas já mencionaram que a procura segue enfraquecida nos centros consumidores, os preços podem ser limitados nas próximas semanas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: amarelo, Cepea, cotação, estoque, HF Brasil, melão, preço, rn/ce, Vale do São Francisco (PE/BA)

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui