08/08/2018

MELÃO/CEPEA: Embarques nacionais são recordes em 2017

Brasil é o segundo maior exportador da fruta à UE

Por Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Embarques nacionais são recordes em 2017Ver fotos

Piracicaba, 08 – Com recorde nas exportações brasileiras de melão em 2017, o Brasil se consolidou como o segundo maior fornecedor da fruta para a União Europeia no período, segundo dados do Eurostat. O país ficou atrás apenas da Espanha, líder de vendas no bloco.

Os embarques brasileiros de melão totalizaram 233 mil toneladas em 2017 (ano civil), maior valor registrado desde o início do levantamento de dados da Secex (Secretaria de Comercio Exterior), em 1997. Já o valor recebido somou US$ 162 milhões (FOB), recorde na mesma comparação.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, esse resultado promissor pode estar relacionado aos bons embarques iniciais em meados do ano passado, visto que as exportações brasileiras de melão foram impulsionadas pelo fim antecipado da temporada espanhola e de outros países (como Itália, Hungria e França). Vale lembrar que a onda de calor no continente europeu, naquele período, resultou na colheita precoce das campanhas locais.

Além disso, melonicultores brasileiros conseguiram obter bons retornos financeiros nos embarques internacionais no ano passado, em decorrência dos preços remuneradores. Enquanto o Brasil vendeu 224 mil toneladas da fruta ao bloco europeu (por uma média de 0,76 euros/kg), a Espanha comercializou 392 mil toneladas de melão (com média de 0,73 euros/kg).

Fonte: Eurostat e Secex

Tags: embarques de melão, Eurostat, exportações, exportações de melão brasileiro, preços de melão, secex, união europeia

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui