16/06/2017

CITROS/CEPEA: Chuvas reduzem oferta e preço da tahiti dispara

Nova interrupção da colheita impulsiona valores em quase 80%

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Chuvas reduzem oferta e preço da tahiti disparaVer fotos

Piracicaba, 16 – As chuvas nas principais regiões produtoras de lima ácida tahiti nos últimos dias em São Paulo levaram citricultores a interromper novamente as atividades de campo. Assim, a nova redução da oferta no estado elevou em fortes 77,6% as cotações nesta semana (12 a 16/06), fechando à média de R$ 29,95/cx de 27 kg, colhida.

Com a falta de mercadoria, tanto para o mercado doméstico quanto para exportação, compradores têm adquirido a fruta mesmo a preços elevados – chegando a ser negociada a R$ 48,00/cx, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea. No geral, não há expectativa de aumento significativo na oferta de tahiti neste mês, o que tende a manter os preços da fruta em alta. 

Para a laranja in natura, o cenário de baixa demanda, tanto do mercado de mesa quanto por parte das indústrias, se mantém. Por mais uma semana, o clima frio e chuvoso reduziu a procura e a colheita das variedades. Com o controle da oferta, os preços tiveram pouca oscilação no decorrer da semana. A média semanal da pera é de R$ 16,91/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 2,5% frente à semana anterior.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: chuvas, citricultura, citros, cotação, laranja pera, lima ácida tahiti, oferta, preços, São Paulo

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui