01/12/2017

CEBOLA/CEPEA: Maior volume no NE derruba cotações em todo o País

Intensificação da colheita no Sul aliada à um maior volume no NE desvalorizou o bulbo nacional

Por Beatriz Papa Casagrande e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CEBOLA/CEPEA: Maior volume no NE derruba cotações em todo o PaísVer fotos

Piracicaba, 1º - Nesta semana (27/11 a 1º/12), os preços recuaram em todas as regiões produtoras de cebola. Esse cenário pode ser explicado pelo maior volume nacional. Tradicionalmente, a oferta do Sul se eleva neste período do ano, entretanto, o volume colhido no Nordeste foi superior ao esperado. O motivo é que muitos produtores nordestinos concentraram a colheita para novembro e dezembro e a produtividade nas regiões de Irecê (BA) e Vale do São Francisco estão favoráveis. Com isso, as safras do Sul e Nordeste se coincidiram e houve elevação significativa no volume nacional, que pressionou as cotações. A média dos preços em Irecê ficou em R$ 0,41/kg na roça, 13,2% de queda em relação à semana anterior. Para as próximas semanas, produtores esperam que não ocorram novos recuos nas cotações, pois a tendência é que a disponibilidade de cebolas no NE recue até o final do mês.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cebola, cotações, preços

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui