14/05/2018

BATATA/CEPEA: Safra das águas termina com rentabilidade próxima aos custos

No início da safra, preços estavam mais atrativos

Por Heitor Inácio, Lenise Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Safra das águas termina com rentabilidade próxima aos custosVer fotos

Piracicaba, 14 – A colheita da safra das águas 2017/18 está praticamente encerrada. A temporada teve preço médio de R$ 45,66/sc de 50 kg entre dezembro e abril, valor 2,4% acima dos custos de produção, que fecharam em R$ 44,55/sc no mesmo período.

No início da safra (dezembro e janeiro), os preços estavam mais atrativos, devido à maior redução de área na temporada das águas. Apesar disso, alguns produtores não conseguiram cobrir os custos de produção, pois o excesso de chuvas durante o plantio reduziu a produtividade e a qualidade, principalmente no Paraná e no sul de Minas Gerais – produtores da Chapada Diamantina (BA) e de Guarapuava (PR) conseguiram um bom retorno financeiro no período.

Já entre fevereiro e maio, quando o Cerrado Mineiro, Guarapuava e Água Doce são as principais regiões que abastecem o mercado, o preço recuou, visto que, nesse período, a redução de área foi pequena. Além dos valores pouco atrativos, alguns bataticultores que colheram nessa época também tiveram problemas na produção, o que elevou os custos. As chuvas reduziram a qualidade em muitas praças e influenciaram a alta incidência de nematoides no Cerrado Mineiro.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, Cepea, custos de produção de batata, preços de batata, produção de batata, rentabilidade, safra das águas de batata

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui