08/06/2018

BATATA/CEPEA: Preço tem forte queda após greve

Batata desvaloriza 70% na Ceagesp

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Preço tem forte queda após greveVer fotos

Piracicaba, 08 - Nesta semana (04 a 08/06), os preços da batata padrão ágata especial tiveram acentuado recuo nos principais centros de distribuição do País. Nos atacados paulistanos, os preços ficaram na média de R$ 83,55/sc de 50 kg, queda de 70,55%, assim como o mercado de Belo Horizonte (MG), que comercializou a batata a R$ 75,89/sc (-65,31%). O recuo considerável se deve à disparada das cotações da batata nos dias da greve dos caminhoneiros (de 21 a 30/05), quando a oferta esteve muito restrita ou, até mesmo, ausente (que foi o caso do atacado do Rio de Janeiro/RJ). O mercado em todo o País começou a normalizar a partir de segunda-feira (04), com produtos chegando aos atacados principalmente do Sul e Cerrado Mineiro. Nas roças, a oferta esteve mais restrita em Guarapuava (PR) devido às chuvas, e em Água Doce (SC), por estar se aproximando do fim da safra das águas. Mais produtores de Cristalina (GO) iniciaram colheita nos últimos dias, assim como os do Paraná (São Mateus do Sul, Contenda, Irati). Para a próxima semana, o mercado de batata deve ser semelhante.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, caminhoneiros, Ceagesp, ceasa, colheita, desvalorização, greve, oferta, preço, safra, tubérculo

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui