13/04/2018

BATATA/CEPEA: Maior oferta no Sul pressiona cotações

Qualidade da batata cai também no sul do país

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Maior oferta no Sul pressiona cotaçõesVer fotos

Piracicaba, 13 - Nesta semana (09 a 13/04) a batata padrão ágata especial se desvalorizou nos atacados paulistanos, sendo vendida a R$ 59,14/sc de 50 kg (-18,86%). A queda se deve à maior oferta, principalmente nas regiões do Sul do País, como Guarapuava (PR), Água Doce (SC) e Bom Jesus (RS), e a menor qualidade da batata ofertada. Já a oferta nas praças mineiras já reduziu consideravelmente. No Sul de Minas, por exemplo, a safra está praticamente encerrada, e a região deve intensificar novamente apenas em maio com o início da temporada das secas. A amplitude nos preços continua, e nesta semana ficou entre R$ 30,00/sc e R$ 80,00/sc. Os problemas maiores com qualidade estão relacionados à pele escura e tamanho miúdo, e agora esses defeitos também vêm sendo observados nos produtos provenientes de Guarapuava e Água Doce, que tiveram queda nas cotações de 16,11% (R$ 69,44/sc) e de 24,53% (R$ 39,62/sc), respectivamente, em relação à semana passada. Para os próximos dias, o cenário deve ser semelhante, com preços nos mesmos patamares.   

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Ceagesp, cotação, oferta, preço, produção, produtividade, qualidade, safra, tubérculo

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui