01/12/2017

BANANA/CEPEA: Prata mineira se recupera 60% em novembro

Mesmo assim, o preço da prata ainda é 47% inferior ao da nanica

Por Giulia Rodrigues e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Prata mineira se recupera 60% em novembroVer fotos

Piracicaba, 01 - No Norte de Minas Gerais, a grande oferta da banana prata fez com que esta variedade fosse comercializada a preços 47% menores que os da nanica nesta semana (27/11 a 1°/12) – isso ocorre desde a primeira semana de novembro. No final de outubro, a nanica estava sendo vendida a R$ 0,68/kg, enquanto o preço da prata anã era de R$ 0,70/kg. Com a virada do mês, esta situação se inverteu. Produtores relatam que as temperaturas altas ajudaram na rápida maturação da prata, que além disso teve seu pico de oferta coincidido com o de outras regiões produtoras. Enquanto o volume era elevado nas roças mineiras e nordestinas e as cotações da prata despencavam, a oferta da nanica diminuía a cada semana. Contudo, ao longo do último mês a prata mineira teve recuperação de 60% - seu preço que era de R$ 0,50/kg na primeira semana passou para R$ 0,80/kg no final de novembro. Bananicultores acreditam que o volume da prata deve diminuir ainda mais nas próximas semanas, o que pode resultar em novo aumento das cotações.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: banana, Cepea, cotações, HF Brasil, MG, nanica, Norte de Minas, prata, preço

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui